segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Filosofia e Publicidade

A linguagem filosófica é uma ferramenta nova na publicidade. Faz parte do apelo emocional e tem o objetivo de provocar reflexão, propor ideias em lugar de impor uma forma de pensar. Por essas características, costuma causar empatia com a marca e provocar momentos prazerosos nos consumidores.
No Brasil, a linguagem filosófica teve seu primeiro grande momento com o filme criado pela DPZ, em 2007, para o Itaú Personnalité, que questionava: O que é essencial para você? No mesmo ano, a Africa criou campanha para o Pão de Açúcar perguntando: O que faz você feliz? Ontem estreou o primeiro comercial de televisão da Natura para o seu perfume masculino Kaiak. Nesta campanha, criada pela Taterka, a questão é: O que move você?
O que une os exemplos citados são os questionamentos e a utilização do pronome pessoal na segunda pessoa, você. Características que deixam as peças mais envolventes, interativas e relevantes. Fica a dica, usar linguagem filosófica para agregar valor a uma marca é uma ótima estratégia de campanha. Agora, assista os filmes.





Um comentário:

Unknown disse...

Muito interessante!